NILCE


SJC - SP

"Sou uma pessoa alegre, feliz, esposa, mãe de um Casal de filhos, e Vivo para Louvar e Adorar Meu Amado Jesus!"




Blog no Ar Desde 13/09/2005









Biblia – A Palavra de Deus






Blog dos amigos

:: UOL - O melhor conteúdo
:: BOL - E-mail grátis



Link-me
link-me!!!


..
Reflexões
Linke-me

Mundo_on_line.zip.net

Obrigada por me 
linkar
Obrigada por me linkar
O melhor site de GIFs!
> Blog do Wagner <











Votação

Dê uma nota para meu blog





Meus Arquivos

17/07/2011 a 23/07/2011

08/08/2010 a 14/08/2010

30/09/2007 a 06/10/2007

24/06/2007 a 30/06/2007

04/03/2007 a 10/03/2007

08/10/2006 a 14/10/2006

23/07/2006 a 29/07/2006

09/07/2006 a 15/07/2006

18/06/2006 a 24/06/2006

04/06/2006 a 10/06/2006

21/05/2006 a 27/05/2006

07/05/2006 a 13/05/2006

30/04/2006 a 06/05/2006

23/04/2006 a 29/04/2006

16/04/2006 a 22/04/2006

09/04/2006 a 15/04/2006

02/04/2006 a 08/04/2006

26/03/2006 a 01/04/2006

19/03/2006 a 25/03/2006

12/03/2006 a 18/03/2006

05/03/2006 a 11/03/2006

26/02/2006 a 04/03/2006

19/02/2006 a 25/02/2006

12/02/2006 a 18/02/2006

05/02/2006 a 11/02/2006

29/01/2006 a 04/02/2006

22/01/2006 a 28/01/2006

15/01/2006 a 21/01/2006

01/01/2006 a 07/01/2006

18/12/2005 a 24/12/2005

11/12/2005 a 17/12/2005

04/12/2005 a 10/12/2005

27/11/2005 a 03/12/2005

20/11/2005 a 26/11/2005

13/11/2005 a 19/11/2005

06/11/2005 a 12/11/2005

30/10/2005 a 05/11/2005

23/10/2005 a 29/10/2005

16/10/2005 a 22/10/2005

09/10/2005 a 15/10/2005

02/10/2005 a 08/10/2005

25/09/2005 a 01/10/2005

18/09/2005 a 24/09/2005

11/09/2005 a 17/09/2005







Divulgue Meu Blog!






Meu Award







Plaquinhas











Awards Ganhos




Blog da Kaká














Award do Gifs pra JESUS

Aprovadíssimo!!!







.














Fui Destaque




































O SENHOR é o meu pastor nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR por longos dias.
SALMOS 23














Créditos

 

 

 

:: Postado por *Nilce* às 20h28
::
:: Enviar esta mensagem

QUERIDOS VENHAM CONHECER MINHA COMUNIDADE

DE GIFS NO ORKUT É SÓ CLICAR NA FIGURA ABAIXO...

 

Tire todas as suas dúvidas sobre blogs.

 

 

 

 

:: Postado por *Nilce* às 19h07
::
:: Enviar esta mensagem

 

 

 

 

 

 

:: Postado por *Nilce* às 22h05
::
:: Enviar esta mensagem

 

 

 

 

 

 

 

:: Postado por *Nilce* às 21h52
::
:: Enviar esta mensagem

 

 

 

 

 

 

:: Postado por *Nilce* às 21h44
::
:: Enviar esta mensagem

O que tens para dar?
Coração cheio

Era uma vez duas senhoras que eram vizinhas, uma morava do lado da outra. Uma era rica e a outra pobre e a rica vivia desprezando e humilhando a pobre, não perdia uma oportunidade para provocá-la, mas a pobre estava sempre de cabeça baixa, e revidava os desaforos.


Um dia a mulher rica chamou sua empregada e deu a ela um cesto coberto com um pano muito bonito e disse para que ela entregasse a vizinha, mas não olhasse o que tinha dentro e dissesse a ela que cada um recebe aquilo que merece. A empregada pegou o cesto e viu o que tinha e levou um susto pois o mesmo estava cheio de lixo e ficou com medo de entregar aquilo a
vizinha, mas como estava cumprindo ordens teve que entregar.


A vizinha pobre pegou o cesto e viu o que tinha dentro e logo a empregada disse que ela não tinha nada ver com aquilo, foi a patroa que havia enviado e que tinha mandado dizer que cada um recebe aquilo que merece.
A vizinha pegou o cesto levou para dentro de sua casa e com lagrimas nos olhos pegou o que tinha dentro do cesto e guardou em um cantinho, lavou o cesto foi no jardim de sua casa colheu varias flores e encheu o cesto e devolvendo para a empregada mandou devolver a sua patroa dizendo: cada um dá aquilo que tem.

E você? O que tem para dar aos outros, amor ou desprezo?

                                                      

:: Postado por *Nilce* às 12h59
::
:: Enviar esta mensagem

Riquezas Que Não Evaporam


"Na verdade, todo homem anda qual uma sombra; na verdade, em
vão se inquieta, amontoa riquezas, e não sabe quem as
levará" (Salmos 39:6).


Muitas vezes nós ansiamos por riquezas, fama e poder. Todas
estas coisas nos atraem com promessas de grande felicidade.
Mas quando fazemos delas a meta de nossa existência, a vida
passa a ter uma visão muito limitada. O Secretário de
Estado, James A. Baker, falou sobre isso em sua mensagem no
Café de Oração Nacional em 1 de fevereiro de 1990. Ele
contou sobre a natureza passageira do poder político ou
econômico que veio à sua mente em uma manhã quando estava
passando em uma avenida na Pennsylvania. Ele viu um antigo
Chefe do Estado Maior caminhando sozinho, "sem repórteres,
sem seguranças, sem veneração pública, sem condecoração ou
aparência de poder -- apenas um homem solitário com seus
pensamentos." Seu poder e fama evaporaram!


De que adianta estabelecermos metas e prioridades se estas
são passageiras e não podem garantir a nossa felicidade para
sempre? A nossa corrida será cansativa e equivocada porque a
vitória almejada não será definitiva. E nada pode ser mais
frustrante para nós do que verificar que a conquista obtida
com determinação e perseverança não trouxe a felicidade tão
ardentemente sonhada.


Dinheiro, poder e reconhecimento têm valor quando são
conquistados sob a direção de Deus. Quando nos colocamos
diante do Senhor com o objetivo de fazer a Sua vontade e
todas essas coisas são acrescentadas, então terão grande
importância porque serão utilizadas para a glória do nome de
Jesus Cristo.


As bênçãos que Ele nos concede, sejam poucas ou muitas,
sejam de grande ou pequeno valor, duram para sempre porque
nos são ofertadas para que, como filhos de Deus, sejamos
canais de bênção para todos que estão ao nosso redor.


Busque de Deus as riquezas que não evaporam. O que Ele lhe
der, durará para sempre!

Autor desta Mensagem:

Paulo Roberto Barbosa


:: Postado por *Nilce* às 12h53
::
:: Enviar esta mensagem

"Tudo que Deus faz é perfeito"


Há muito tempo, num Reino distante,
havia um Rei que não acreditava na bondade de Deus.
Tinha, porém, um súdito que sempre lhe lembrava dessa verdade.
Em todas situações dizia:

"- Meu Rei, não desanime, porque Tudo que Deus faz é Perfeito.
Ele Nunca erra!"

Um dia, o Rei saiu para caçar juntamente com seu súdito,
e uma fera da floresta atacou o Rei.
O súdito conseguiu matar o animal,
porém não evitou que sua Majestade perdesse o dedo mínimo da mão
direita.

O Rei, furioso pelo que havia acontecido,
e sem mostrar agradecimento por ter sua vida salva
pelos esforços de seu servo, perguntou a este:

"- E agora, o que você me diz? Deus é bom?
Se Deus fosse bom eu não teria sido atacado,
e não teria perdido o meu dedo."

O servo respondeu:

"- Meu Rei, apesar de todas essas coisas,
somente posso dizer-lhe que Deus é bom, e que mesmo isso,
perder um dedo, é para seu bem!
Tudo que Deus faz é Perfeito. Ele Nunca erra!!!"

O Rei, indignado com a resposta do súdito,
mandou que fosse preso na cela mais escura e mais fétida do calabouço.

Após algum tempo, o Rei saiu novamente para caçar
e aconteceu dele ser atacado,
desta vez por uma tribo de índios que vivia na selva.
Estes índios eram temidos por todos,
pois sabia-se que faziam sacrifícios humanos para seus deuses.

Mal prenderam o Rei, passaram a preparar, cheios de júbilo,
o ritual do sacrifício. Quando já estava tudo pronto,
e o Rei já estava diante do altar, o sacerdote indígena,
ao examinar a vítima, observou furioso:

"- Este homem não pode ser sacrificado, pois é defeituoso!
Falta-lhe um dedo!"

E o Rei foi libertado. Ao voltar para o palácio,
muito alegre e aliviado, libertou seu súdito
e pediu que viesse em sua presença.
Ao ver o servo, abraçou-o afetuosamente dizendo-lhe:

"- Meu Caro, Deus foi realmente bom comigo!
Você já deve estar sabendo que escapei da morte
justamente porque não tinha um dos dedos.
Mas ainda tenho em meu coração uma grande dúvida:
Se Deus é tão bom,
por que permitiu que você fosse preso da maneira como foi?
Logo você, que tanto o defendeu!?"

O servo sorriu e disse:

"- Meu Rei, se eu estivesse junto contigo nessa caçada,
certamente seria sacrificado em teu lugar,
pois não me falta dedo algum! Portanto, lembre-se sempre:
TUDO O QUE DEUS FAZ É PERFEITO. ELE SABE O QUE FAZ.

Deixe DEUs agir na sua vidinha,mesmo que aos seus olhos seja
impossível entender seus propositos,abra seu coraçao e seja feliz.Ele sempre tem o melhor para nós.


"Deus pode fazer muito por nós se nos entregarmos verdadeiramente a Ele!"

Beijos!!!!

 

:: Postado por *Nilce* às 08h07
::
:: Enviar esta mensagem

 

 

"Receita do EU"

                    Às vezes você fica pensando em como certas pessoas são populares, vivem cercadas por outras. E lá no fundo nasce aquela pontinha de inveja, que você nem quer confessar. Talvez você quisesse saber o segredo para se ter amigos, estar de bem com a vida, despertar o coração de alguém.

                    Mas você se acha desajeitado demais, ou feio demais, não gosta disso ou daquilo em você mesmo. Na verdade, você se conhece um pouco, mas não se aprova.

                    E se você não se gosta, não há nenhuma razão para que gostem de você. Se você mesmo não quer ser seu amigo, por que outros iriam querer? Se você não se ama, por que outros te amariam?

                    As pessoas reagem conosco segundo o reflexo que damos para elas. Se você é sempre sorridente, alegre, vai ter pessoas à sua volta; se é mal humorado, vão te olhar de lado e evitar sua companhia. E como uma bolinha de neve descendo a colina, a situação tende a tornar-se cada vez mais complicada.

                    O caso é que você está sempre querendo agradar os outros, não a você. Você busca aprovação exterior, quando você mesmo deveria aprovar-se.

                    Aprenda, então, primeiro a amar-se. Apaixone-se por si, sem exageros, mas de amor sincero.

                    Faça uma lista das coisas que você mais gosta em você e das coisas que não gosta.

                    Realce aquilo que gosta. É importante. O que resta, questione-se sobre um jeito de mudar a situação, de maneira que você possa crescer em auto-conhecimento e auto-valorização.

                    A opinião que temos de nós é muito importante. E, mesmo se dizem que não, a opinião que os outros têm de nós é importante também, mesmo se em menor escala. Mas atenção: uma opinião exagerada de si mesmo tanto num sentido como em outro é nociva. O equilíbrio é fundamental.

                    Sem interferir na sua personalidade, você pode mudar. Aprenda a ser uma pessoa bonita, sem buscar aprovação exterior, isso virá como conseqüência.

                    Quando se arrumar, faça por você. Use cores que te vão bem, mude o corte de cabelo ou o penteado, pense na vida como uma caixinha de surpresas, não um abismo.

                    Ponha um sorriso no rosto, mesmo quando estiver sozinho. Lembre-se sempre de coisas engraçadas ou bonitas, isso te dará um ar feliz. E felicidade de dentro traz beleza pra fora, pelos olhos, pelas atitudes, pelos gestos e até pelo falar.

                    Cultive a serenidade, aprenda a paciência e a arte de saber ouvir. Fale um pouco menos e olhe mais nos olhos dos que falam com você, isso passa segurança. Quando não souber o que dizer, dê um abraço. Isso vale também.

                    Procure fazer coisas que gosta. Faça-se prazer, presenteie-se de vez em quando.

                    Cuide de sua saúde física, mental, espiritual. Não cultive ressentimentos, eles são ervas daninhas e tornam as pessoas feias. Cultive mais a palavra perdoar.

                    Ter estrelas no céu é bom e bonito, mas só vemos nas noites escuras. Traga, então, estrelas dentro do seu coração. Assim você poderá levá-las para todo lado e oferecê-las se seu coração pedir. Acredite em mim: todo mundo gosta de receber estrelas de presente.

                    São as pequeninas coisas que conduzem nossa vida. E influenciam nosso ambiente. Sentir-se bem consigo é dar aos outros o presente de um nosso eu satisfeito. Todo mundo é beneficiado.

                    Antes de dormir, sempre pense em algo bonito e deixe as preocupações para o dia seguinte. Dormir preocupado não resolve problemas, então melhor é dormir feliz.

                    Ame-se! Por mais que seja difícil, ame-se! Um pouquinho mais a cada dia! Suba esse monte sem pressa, não desista do caminho. Você é um ser importante. Para si, para o mundo, para Deus.


                    Letícia Thompson

:: Postado por *Nilce* às 10h26
::
:: Enviar esta mensagem

 
 
 
POR QUE IR À IGREJA?

Um freqüentador de Igreja escreveu para o editor de um jornal e reclamou que não faz sentido ir à Igreja todos os domingos.
"- Eu tenho ido à Igreja por 30 anos", ele escreveu, " e durante este tempo eu ouvi uns 3.000 sermões."
"Mas por minha vida, eu não consigo lembrar nenhum deles... Assim, eu penso que estou perdendo meu tempo e os Padres e Pastores
estão desperdiçando o tempo deles pregando sermões!"
Esta carta iniciou uma grande controvérsia na coluna "Cartas ao Editor", para prazer do Editor e Chefe do jornal. Isto foi por
semanas, recebendo e publicando cartas no assunto, até que alguém escreveu este argumento:
"- Eu estou casado já há 30 anos. Durante este tempo minha esposa deve ter cozinhado umas 32.000 refeições. Mas, por minha vida, eu
não consigo me lembrar do cardápio de nenhuma destas 32.000 refeições. Mas de uma coisa eu sei ... Todas elas me nutriram e me deram
a força que eu precisava para fazer o meu trabalho.
Se minha esposa não tivesse me dado estas refeições, eu estaria hoje fisicamente morto. Da mesma maneira, se eu não tivesse ido à
Igreja para alimentar minha fome espiritual, eu estaria hoje morto espiritualmente.

Quando a gente está resumido a NADA... DEUS ESTÁ POR CIMA DE TUDO!
Graças a Deus por nossa nutrição física e espiritual!"
 

:: Postado por *Nilce* às 14h07
::
:: Enviar esta mensagem

SAUDADES

Eu tenho saudades de tudo que marcou a minha vida .

Quando vejo retratos, quando sinto cheiros, quando escuto uma voz, quando me lembro do passado, eu sinto saudades.

Sinto saudades de amigos que nunca mais vi, de pessoas com quem não mais falei ou cruzei.

Sinto saudades da minha infância, do meu primeiro amor, do meu segundo, do terceiro, do penúltimo.

Sinto saudades do presente, que não aproveito de todo, lembrando do passado e apostando no futuro.

Sinto saudades de quem me deixou e de quem eu deixei, de quem disse que viria e nem apareceu; de quem apareceu correndo, sem me conhecer direito, de quem nunca vou ter a oportunidade de conhecer.

Sinto saudades dos que se foram e de quem não me despedi direito; daqueles que não tiveram como me dizer adeus; de gente que passou na calçada contrária da minha vida e que só enxerguei de vislumbre; de coisas que eu tive e de outras que não tive mas quis muito ter; de coisas que nem sei que existiram mas que se soubesse, com certeza gostaria de experimentar.

Sinto saudades de coisas sérias, de coisas hilariantes, de casos, de experiências.

Sinto saudades do cachorrinho que eu tive um dia e que me amava fielmente, como só os cães são capazes de fazer, dos livros que li e que me fizeram viajar, das músicas que ouvi e que me fizeram sonhar, das coisas que vivi e das que deixei passar, sem curtir na totalidade.

Quantas vezes tenho vontade de encontrar não sei o que, não sei aonde, para resgatar alguma coisa que nem sei o que é e nem onde perdi.

E é por isso que eu tenho mais saudades.

Porque encontrei uma palavra para usar todas as vezes que sinto este aperto no peito, meio nostálgico, meio gostoso, mas que funciona melhor do que um sinal vital quando se quer falar de vida e de sentimentos.

        Sentir saudades, é sinal de que temos passado e estamos vivos!!! 

(Recebi esta Mensagem Por Email de uma Amiga e não Sei quem é o Autor)

:: Postado por *Nilce* às 11h45
::
:: Enviar esta mensagem

 

Na cidade de São Paulo, numa noite fria e escura de inverno, próximo a uma 
esquina por onde passavam várias pessoas, um garotinho vendia balas a fim 
De conseguir alguns trocados. Mas o frio estava intenso e as pessoas já 
não  paravam mais quando ele as chamava.

Sem conseguir vender mais nenhuma bala, ele sentou na escada em frente a 
uma  loja e ficou observando o movimento das pessoas. 
Sem que ele percebesse, um policial se aproximou: 
-"Está perdido?" 
O garoto meneou a cabeça: 
- "Só estou pensando onde vou passar a noite hoje... Normalmente durmo em 
minha caixa de papelão, perto do correio, mas hoje o frio está  terrível..."

O senhor sabe me dizer se há algum lugar onde eu possa passar esta noite?" 
O policial mirou-o por uns instantes e coçou cabeça, pensativo: 
- "Se você descer por esta rua", disse ele apontando o polegar na direção 
de uma rua, à esquerda, lá embaixo vai encontrar um casarão branco; chegando lá, bata na porta e quando atenderem apenas diga "João 3:16". 
Assim fez o garoto. Desceu a rua estreita e quando chegou em frente ao casarão branco, subiu os degraus da escada e bateu na porta.

 

Quem atendeu foi uma mulher idosa, de feição bondosa. 
- "João 3:16", disse ele, sem entender direito. 
- "Entre, meu filho".

A voz era meiga e agradável. 
Assim que ele entrou, foi conduzido por ela até a cozinha onde o f ogão a 
lenha estava aceso... 
- "Sente-se, filho, e espere um instante, tá?"

O garoto se sentou e, enquanto observava a bondosa mulher se afastar, pensou  consigo mesmo: 
-"João 3:16... Eu não entendo o que isso significa, mas sei que aquece a um  garoto com frio". 
Pouco tempo depois a mulher voltou. 
- "Você está com fome?", perguntou ela. 
- "Estou um pouquinho, sim... há dois dias não como nada e meu estômago começa a roncar..." 
A mulher então o levou até a sala de jantar, onde havia uma mesa repleta de comida. Rapidamente o garoto sentou-se à mesa e começou a comer; comeu de tudo, até não agüentar mais.

Então ele pensou consigo mesmo: 
- "João 3:16...Eu não entendo o que isso significa, mas sei que mata a fome de um garoto faminto". 
Depois a bondosa senhora o levou ao andar superior, onde se encontrava um Quartinho com uma banheira cheia de água quente. O garoto só esperou que a mulher se afastasse e então rapidamente se despiu e tomou um belo banho, 
como há muito tempo não fazia. Enquanto esfregava a bucha pelo corpo pensou  consigo mesmo: 
-"João 3:16... Eu não entendo o que isso significa,mas sei que torna limpo um garoto que há muito tempo estava sujo.

Cerca de meia hora depois a bondosa mulher voltou e levou o garoto até um 
quarto onde havia uma cama de madeira, antiga, mas grande e confortável.. 
Ela o abraçou, deu-lhe um beijo na testa e, após deitá-lo na cama, desligou a luz e saiu. Ele se virou para o canto e ficou imóvel, observando a garoa que caía do outro lado do vidro da janela. E ali, confortável como nunca, ele pensou consigo mesmo: 
- "João 3:16... Eu não entendo o que isso significa, mas sei que dá repouso a um garoto cansado".

No outro dia, de manhã, a bondosa senhora preparou uma bela e farta mesa e o convidou para o café da manhã. Quando o garoto terminou de comer, ela o levou até a cadeira de balanço, próximo ao fogão de lenha.

Depois seguiu até uma prateleira e apanhou um livro grande, de capa

escura.

Era uma Bíblia. Ela voltou, sentou-se numa outra cadeira, próximo ao

garoto e olhou dentro! dos olhos dele, de maneira doce e- "Você entende João 3:16, filho?" 
- "Não, senhora... eu não entendo... A primeira vez que ouvi isso foi 
ontem à noite... um policial que falou...". 
Ela concordou com a cabeça, abriu a Bíblia em João 3:16 e começou a 
Explicar sobre Jesus. E ali, aquecido junto ao velho fogão de lenha, o 
garoto entregou o coração e a vida a Jesus.

amigável.

E enquanto lágrimas de  felicidade deixavam seus olhos e rolavam face à baixo, ele pensou consigo  mesmo: 
- João 3:16... "Ainda não entendo muito bem o que isso significa, mas agora sei que isso faz um garoto perdido se sentir realmente seguro." 


"Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu Seu único Filho para que 
todo aquele que Nele crê, não pereça, mas tenha a vida eterna." (João  3:16)

:: Postado por *Nilce* às 15h11
::
:: Enviar esta mensagem

 

Eu estava correndo e, de repente, um estranho trombou em mim:

- Oh, me desculpe por favor, foi a minha reação.

E ele disse:

- Ah, desculpa-me também, eu simplesmente nem te vi!

Nós fomos muito educados um com o outro, aquele estranho e eu. Então, nos despedimos e cada um foi para o seu lado. Mais tarde, naquele dia, eu estava fazendo o jantar e meu filho parou do meu lado tão em silêncio que eu nem percebi. Quando eu me virei, tomei o maior susto e lhe dei uma bronca.

- Saia do meu caminho, filho! E eu disse aquilo com certa braveza. E ele foi embora, certamente com seu pequeno coração partido. Eu nem imaginava como havia sido rude com ele.

Quando eu fui me deitar, podia ouvir uma voz interna, calma e doce, me dizendo:

- Quando falava com um estranho, quanta cortesia você usou! Mas com seu filho, a criança que você ama, você nem sequer se preocupou com isso! Olhe no chão da cozinha, você verá algumas flores perto da porta. São flores que ele trouxe para você. Ele mesmo as pegou, a cor-de-rosa, a amarela e a azul. Ele ficou quietinho para não estragar a surpresa e você nem viu as lágrimas nos olhos dele.

Nesse momento, eu me senti muito pequena. E agora, o meu coração era quem derramava lágrimas. Então eu fui até a cama dele e ajoelhei ao seu lado.

- Acorde filhinho, acorde. Estas são as flores que você pegou para mim?

Ele sorriu:

- Eu as encontrei embaixo da árvore. Eu as peguei porque as achei tão bonitas como você! Eu sabia que você iria gostar, especialmente da azul.

Eu disse:

- Filho, eu sinto muito pela maneira como agi hoje. Eu não devia ter gritado com você daquela maneira.

- Ah, mamãe, não tem problema, eu te amo mesmo assim!

- Eu também te amo. E eu adorei as flores, especialmente a azul. (d.a.)



* * *

Reflexão:

Você já parou para pensar que, se morrermos amanhã, a empresa para qual trabalhamos poderá facilmente nos substituir em uma questão de dias? Mas as pessoas que nos amam, a família que deixamos para trás, os nossos filhos, sentirão essa perda para o resto de suas vidas. E nós raramente paramos para pensar nisso. Às vezes, colocamos nosso esforço em coisas muito menos importantes do que nossa família, do que as pessoas que nos amam, e não nos damos conta do que realmente estamos perdendo. Perdemos o tempo de sermos carinhosos, de dizer um "eu te amo", de dizer um "obrigado", de dar um sorriso, ou de dizer o quanto cada pessoa é importante para nós. Ao invés disso, muitas vezes agimos rudemente, e não percebemos o quanto isso machuca os nossos queridos. Estejamos atenciosos com nossa família e com nosso trabalho, mantendo-os em boa harmonia sempre que possível.

Pense nisso...

E que Deus vôs abençõe!!!!

Beijos...

:: Postado por *Nilce* às 09h13
::
:: Enviar esta mensagem

 

Mãe, Luz do Amor Universal!

Fonte inesgotável de bondade e alegria,
Senhora de todas as virtudes da criação,
A heroína que não precisa de medalhas,
Eterna guerreira de alma e coração,
Nas palafitas, tabas e mansões,
Você mãe, que jamais guarda rancor,
Que sabe suportar a dor,
É a poesia que dispensa rima,
Mais sublime que todas as flores,
As estrelas no firmamento,
Você mãe, é o sol, a água, o ar,
É o encanto do amor universal,
A companheira mais leal!
Você, mãe negra, amarela, branca,
Trigueira, mestiça e vermelha,
Vocês, mães de todas as pátrias e crenças,
Parabéns por todos os dias de sua existência!

Autor: Milton Cavalieri

 

:: Postado por *Nilce* às 11h30
::
:: Enviar esta mensagem

Está para baixo?

Pessoas profissionais dizem-nos que a baixa auto-estima é um problema sério e comum que afeta basicamente todos os níveis e idades da sociedade. Eu acredito. Fracasso, falta de beleza, obesidade, falta de uma educação formal, o sentimento de não ser necessário, a falta de confiança e coisas semelhantes são os culpados que levam de muitos a sensação de valor. Produzem sentimentos de inferioridade e pena de si que podem ser prejudiciais tanto ao pecador quanto ao santo – principalmente se o santo estiver fraco na fé.

De todos os povos, o povo de Deus deve ter uma sensação de valor alta, porém humilde. Em primeiro lugar, cada homem é parente e descendência do Deus poderoso (Atos 17:29). Isso torna cada indivíduo especial de uma maneira que merece apreciação. O “homem interior” (2 Coríntios 4:16) foi feito na própria imagem de Deus (Gênesis 1:27). Assim como temos “pais segundo a carne”, também temos um “Pai espiritual” (Hebreus 12:9). Existe algo dentro de cada homem que não vem, nem pode vir, de pais na carne, mas vem apenas do nosso Pai espiritual. Que consolação é lembrar que um dia este espírito “volte a Deus, que o deu” (Eclesiastes 12:7). Devíamos dizer, como uma criança num cartaz, “Eu sei que sou alguém, porque Deus não faz lixo!”

Mas, não sou apenas descendência de Deus, sou o objeto contínuo de seu amor e sua preocupação. “Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele, em tempo oportuno, vos exalte, lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós(1 Pedro 5:6-7). Sim, “Deus amou ao mundo de tal maneira...” mas isso quer dizer que ele ama você! Paulo viu em termos pessoais quando ele disse que “me amou e a si mesmo se entregou por mim” (Gálatas 2:20). Nós também devemos. E tem mais uma coisa que o povo de Deus precisa lembrar: já que Deus não faz acepção de pessoas (Atos 10:34), ele vê você e eu como seus filhos e objetos do seu amor tanto quanto Paulo, Timóteo, Pedro ou qualquer servo fiel do Velho Testamento. Como o escritor popular, Francis Schaeffer, escreveu, “Com Deus não existem pessoas pequenas.” A questão não é se sou um grande apóstolo, presbítero, evangelista ou professor, mas é se eu estou glorificando a Deus na minha vida, onde estou, com os recursos e oportunidades que tenho, agora? (cf. 1 Pedro 4:11). Muitos enganam a si mesmos a pensarem que poderiam fazer mais para o Senhor em algum outro lugar ou no tempo futuro se apenas tivessem mais recursos ou talento. Rebaixar a si mesmo leva a pessoa a pensar no que “poderia ter acontecido” e prejudica as possibilidades de serviço recompensador agora.

Nenhuma pessoa é sem valor e se vir como tal é enganoso e prejudicial. Fomos redimidos pelo maior preço já pago por qualquer coisa, “pelo precioso sangue ... o sangue de Cristo” (1 Pedro 1:19). Nós temos uma alma que foi avaliada pelo Senhor a ter um valor inestimável (Mateus 16:26). Em Cristo nos tornamos verdadeiramente ricos (2 Coríntios 6:10). Nós realmente acreditamos nisso?

Andar pela fé é reconhecer que longe do Senhor não somos nem podemos ser nada. Mas nele, graças a Deus, temos a grandeza que precisamos para lembrar, apreciar e refletir no nosso viver!

(Escrito por Dan S. Shipley)

 

:: Postado por *Nilce* às 11h30
::
:: Enviar esta mensagem

.